Concentración por el futuro de Vigo: nacionalización del naval

Publicado por o día 26/09/2013 na sección de Naval,Vigo

Concentración por el futuro de Vigo: nacionalización del naval

La asamblea Comarcal de NÓS-Unidade Popular de Vigo convoca en el día de hoy 26 de Septiembre una concentración con el lema “Polo futuro de Vigo. Nacionalizaçom do naval”. La concentración saldrá a las 17:30 horas desde el cruce entre la Calle Coruña y la Avenida de Beiramar.

A continuación os dejamos el comunicado sobre la concentración organizada por la asamblea Comarcal de NÓS-Unidade Popular de Vigo.

[box type=”info” width=”600″ ]Polo futuro de Vigo: nacionalizaçom do naval

 No contexto de crise do sistema capitalista em que nos atopamos, Espanha, seguindo submissamente as diretrizes da UE, ataca um dos setores chaves da nossa economia nacional e da nossa comarca, o setor naval.

 Este setor, do que depende milhares de postos de trabalhos, foi o principal alvo desde o estalido da crise em 2008 por parte do capitalismo espanhol sob ordens de Bruxelas. Deste jeito, o aniquilamento do navalpolas políticas implementadas polo PSOE-PP deve enquadrar-se na dependência histórica que o imperialismo espanhol exerce sobre a nossa naçom, tentando a inviabilidade do nosso projeto nacional mediante a destruiçom constante do nosso tecido produtivo.

  Este ataque ao setor naval provoca que nos últimos três anos se perderam perto de 10.000 postos de trabalho, aumentando a miséria entre a classe trabalhadora viguesa.

  A situaçom vai ligada ao desmantelamento em todos os âmbitos que Espanha está a aplicar no nosso país com a escusa da crise do sistema capitalista. Desde projetos de megaminaria para destruir o nosso meio natural, até os recentes lumes deste verao ou o abandono das nossas vias ferroviárias.

  Em Vigo e na Galiza, o setor naval é estratégico para a classe trabalhadora e para o nosso desenvolvimento, e neste sentido também o atacam.

 Espanha e a UE tenhem claro que vam seguir destruindo postos de trabalho na Galiza e roubando os nossos recursos a ritmo acelerado. E é por isso que nem valem os brindes eleitoralistas de tinte localista como os que oferece Abel Caballero nos seus oportunistas passeios polas jornadas de luita do naval que NÓS-UP tem apoiado com coerência, nem as mentiras de Feijó e do PP. Tampouco virá a soluçom através daUniom Europeia ou de Espanha.

 A classe trabalhadora viguesa deve seguir luitando para ser dona do seu futuro. E é assim que desde NÓS-UP exigimos a nacionalizaçom do setor naval como única alternativa para recuperar os postos de trabalho e rendabilizar os recursos deste setor no nosso país e na nossa classe.

 Nacionalizaçom enquadrada numha dinámica de reivindicaçom, mobilizaçom e conquista da nossa independência e soberania nacional, único caminho para evitar a ruína à que nos submetem as políticas de Espanha e da UE.

ESPANHA E A UE SOM A NOSSA RUÍNA!

NACIONALIZAÇOM DO NAVAL!

Quinta-feira 26 de setembro às 17h30 concentraçom no cruzamento da Avenida de Beiramar com a rua Corunha Vigo, setembro de 2013 [/box]